O país

Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico. A cerca de 570 quilómetros da costa da África Ocidental, as ilhas cobrem uma área total de pouco mais de 4.000 quilómetros quadrados.

Os exploradores portugueses descobriram e colonizaram as ilhas desabitadas no século XV, o primeiro assentamento europeu nos trópicos. Idealmente localizado para o comércio de escravos no Atlântico, o arquipélago prosperou e muitas vezes chegou a atrair corsários e piratas, entre eles Sir Francis Drake, na década de 1580. As ilhas também foram visitadas pela expedição de Charles Darwin em 1832.

O arquipélago foi ocupado e, conforme a colónia cresceu em importância entre as principais rotas de navegação entre Europa, Índia e Austrália, a população aumentou de forma constante. No momento da sua independência de Portugal, em 1975, os cabo-verdianos emigraram para todo o mundo, de tal forma que a população no século XX com mais de meio milhão de pessoas nas ilhas é igualada pela diáspora cabo-verdiana na Europa, na América e na África.

A economia cabo-verdiana é principalmente focada no crescente turismo e em investimentos estrangeiros, que se beneficiam do clima quente o ano todo, da paisagem diversificada e da riqueza cultural, especialmente na música. Historicamente, o nome “Cabo Verde” tem sido usado para se referir ao arquipélago e, desde a independência, em 1975, ao país. Em 2013, o governo local determinou que a designação em português “Cabo Verde” passaria a ser utilizado para fins oficiais, como na Organização das Nações Unidas (ONU).

“Deus quer a evangelização do mundo, mas se nós nos recusarmos a ir até os confins da terra e anunciar este Evangelho a todos, incorremos no risco de estarmos nos opondo à vontade de Deus.”

O projeto

Totalmente entregue a vontade de Deus a partir de 1 de agosto de 2018, o Pastor Grimaldo Nunes e familia estão deixando entes queridos, igreja e amigos  no Brasil para levar a mensagem de salvação a nação do Cabo Verde, com a seguinte perspectiva:

Ver comunidades, famílias e lideres, todos vivendo um evangelho que gera justiça, transformação para eles e para sociedade, levar as pessoas a viverem de maneira digna do Senhor agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus o qual deseja que todos homens sejam salvos…

Manutenção e captação de recursos do projeto

O projeto estava em observação  desde o ano passado, foi feito pesquisa de campo analisando o choque cultural e o impacto do projeto na nação a ser alcançada; burocracias vem sendo vencidas de forma progressiva bem como o apoio ao projeto por meio de parcerias que estão em andamento, observando a manutenção da família missionária em primeira mão e futuramente a adoção de obreiros nativos.

Benefícios a comunidade assistida

Escola  pré-escolar e primário para crianças nativas é algo a ser analisado no local por ser objeto que também agrada o governo local e comunidade internacional.

Entende-se que temos uma certa liberdade de pregar dentro de nossos espaços particulares bem como ruas e praças, para tanto estaremos alugando um local que nos dê condições e esse é um dos benefícios que será desfrutado pela comunidade de Praia, capital do País e principal cidade da ilha de Santiago.

Riscos e alternativas

Sabendo ser um País cuja economia gira em torno de turismo e que 85% da população é católica com o apoio do governo; estamos amparando o projeto com missões já estabelecidos no País.

Outro possível risco é de negativa de visto de permanência.

Portanto, para qualquer um dos riscos, temos uma alternativa que é a retirada do país e ida para Guiné Bissau onde se encontra a missão dos Semeadores, Vem Brasil e outros projetos brasileiros.

Que a nação do Cabo Verde adore o verdadeiro Deus, tendo a realidade deles redimida pela verdade do evangelho, que traz justiça, paz e fortalece o amor fundamental a família.

Una-se a nós neste grande desafio de evangelizar o Cabo Verde!

Os líderes

Pastor Luciano Vicente
Líder em base

Pastor Luciano Vicente é líder do projeto Discipulando Nações ( Guatemala ), resultado de um chamado de Deus no ano de 2003. Em 2005 foi consagrado ao ministério na Assembleia de Deus em Taubaté e assim desenvolve seu ministério como pastor na  Igreja Assembleia de Deus Missão na cidade de Taubaté – SP e também como presidente do projeto missionário Discipulando Nações ( implantação de igrejas autóctones, formação de lideres, missionários e tradução de porções bíblicas ),  atuando  como missionário em 14 etnias indígenas de 12 nações.

É formado em Teologia  pelo Centro Internacional de Missões em São Lourenço (MG), em Missiologia pela EMAD, Ciência da Religião e Bibliotecário pela Escola Ensino Nacional e Biblista ( bacharel com enfase em tradução de porções bíblicas ) pelo seminário SETEAD de Brasilia.

Tem como base bíblica o evangelho de Mateus 28:19 e Atos 1:8. Como objetivo: alcançar com a pregação do evangelho o maior número de almas em todas as nações para Cristo na visão de formar discípulos para dar continuidade ao trabalho evangelistico, apoiando missionários nativos com ajuda econômica, formação teologica e tradução bíblica.

Seu lema é: fazendo discípulos de Jesus até os confins da terra!


Pastor Grimaldo Nunes
Líder em campo

Pastor Grimaldo Nunes, é um grande missionario servindo a Deus no campo de Caratinga-MG  e mediante ao chamado de Deus em sua vida, a partir de 1 de agosto de 2018 junto de sua familia está deixando o Brasil e indo fazer missões no Cabo Verde – Africa; com o objetivo de ver esta nação adorando o verdadeiro Deus e pessoas vivendo de maneira digna ao Senhor agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus o qual deseja que todos homens sejam salvos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *