O país

É uma república constitucional federal localizada na América do Norte. O país é limitado a norte pelos Estados Unidos; ao sul e oeste pelo Oceano Pacífico; a sudeste pela Guatemala, Belize e Mar do Caribe; a leste pelo Golfo do México. Com um território que abrange quase 2 milhões de quilômetros quadrados, o México é o quinto maior país das Américas por área total e o 14º maior do país independente do mundo. Com uma população estimada em 111 milhões de habitantes, é o 11º país mais populoso do mundo e o mais populoso país da hispanofonia. O México é uma federação composta por trinta e um estados e um distrito federal (Distrito Federal). O México figura também como o segundo país mais populoso e rico da América Latina, em ambos os casos superado somente pelo Brasil.

Os 92.924.489 de católicos no México são, em termos absolutos, a segunda maior comunidade católica do mundo (depois do Brasil). E, 47% deles, frequentam os serviços religiosos semanalmente. Cada cidade, vila e aldeia mexicana tem um dia de festa por ano para comemorar os seus santos padroeiros locais. O dia da festa da Nossa Senhora de Guadalupe, a padroeira do México, é comemorado em 12 de dezembro e é considerado por muitos mexicanos como o mais importante feriado religioso de seu país.

Segundo uma pesquisa de opinião realizada em 2011 pela organização chilena Latinobarómetro, 52% dos mexicanos se disseram mestiços, 19% indígenas, 6% brancos, 2% mulatos e 3% “outra raça”.

O México é etnicamente diverso e a constituição define o país como uma nação multicultural. A nacionalidade mexicana é relativamente jovem, decorrente de cerca de 1821 – quando o México conseguiu a independência do Império Espanhol e é composta por muitos grupos étnicos regionais distinto (como os diversos povos indígenas e imigrantes europeus). A maioria dos mexicanos são mestiços que compõem o núcleo da identidade cultural do México. A população mexicana se divide  em três segmentos.

O segmento superior da sociedade mexicana, racial e culturalmente mais europeizado, controla a economia e as instituições políticas. Nessa camada situa-se as famílias tradicionais que integravam a aristocracial colonial, mesclada com matrizes indígenas.

O segundo segmento, considerado mestiço (mais culturalmente do que racialmente) forma o grosso da população mexicana. Embora, além da ascendência indígena, tenham absorvido certa proporção de sangue europeu e africano, integraram-se na sociedade colonial por meio da espanholização e da conversão ao catolicismo. Esse estrato vai desde o campesinato ao assalariado rural, dos trabalhadores rurais às camadas baixas da classe média rural e citadina.

Por fim, o terceiro segmento é formado pela massa de marginalizados culturalmente indígenas. Apesar de todas as alterações culturais sofridas ao longos dos séculos (que os distanciam do indígena no sentido pré-colombiado), essa camada ainda se vê unificada etnicamente como membros de suas comunidades tribais – preservando elementos culturais e de lealdades que os distinguem do resto da sociedade mexicana. Formam uma categoria marginal, relegada às áreas mais pobres do país. No México, 19% da população se consideram indígenas, mas delas apenas 6,6 milhões falam alguma das 364 variantes das 68 línguas que existem – segundo o Instituto Nacional de Línguas Indígenas (Inali).

Fonte: Wikipedia.

As religiões

Uma nação secular com liberdade moral e de práticas religiosas. A ruptura de 130 anos entre o governo mexicano e o Vaticano terminou com as relações oficiais sendo reatadas em 1992, e muitas restrições sobre a Igreja Católica  foram retiradas. As mudanças constitucionais de 1992 também garantem tratamento mais justo às minorias religiosas.

Fonte: Wikipedia.

Informações gerais

  • Capital: Cidade do México;
  • População 112.322.757 hab (2012);
  • Localização: América do Norte;
  • Idioma: Espanhol;

O projeto

A idolatria no México é muito grande. Quando não adoram a virgem de Guadalupe, adoram a Santa Morte.

Os líderes

Heliel Braga (líder em base)

Heliel Braga

Nascido em 1995, em Belo Horizonte (MG), aos 15 anos se mudou para a cidade de Pirassununga (SP) em dezembro do ano de 2010 e – a convite do pastor Carlos José de Melo (Presidente da VEMBRASIL)- iniciou seu trabalho (como voluntário) na Obra Missionária em parceria com a VEMBRASIL.

Atualmente atua como responsável pelo departamento de Tecnologia da VEMBRASIL e também Líder em Base dos projetos Israel – Voice of Judah, Paquistão e México.

Discipulando Nações

O projeto

A Missão Discipulando Nações é o resultado do chamado de Deus ao Pr. Luciano A. A. Vicente em abril de 2003, quando em visão lhe foi mostrado as nações e povos. A partir desta data, Pr. Luciano, obediente ao chamado e visão celestial, passou a pregar o evangelho, implantar novas igreja, formar novos missionários e cooperar na tradução de porções bíblicas e folhetos evangelisticos em várias línguas. Sua atividade missionária iniciou na cidade de Taubaté (estado de São Paulo), seguindo para o Sul de Minas Gerias e Serra do Mar (Ubatuba), Miranda no Mato Grosso do Sul e para os seguintes países: Paraguai e Argentina (2012), Venezuela e Bolívia  (2013), Peru e México (2014), Guatemala e Honduras (2015), República Dominicana e Haiti (2016). Temos como base bíblica o evangelho de Mateus 28:19 e Atos 1:8; o objetivo é alcançar com a pregação do evangelho o maior número de almas em todas as nações para Cristo. Na visão de formar discipulos para dar continuidade aos trabalhos evangelisticos, apoiando missionários nativos com ajuda econômica, formação teológica e tradução biblica .
 
Nosso lema é : fazendo discipulos de Jesus até os confins da terra ! 

Projeto Ayuuk

Screen-Shot-2014-11-05-at-4.03.48-PM

Pr. Luciano estava em seu trabalho secular no fim do ano de 2013 quando o Espirito Santo falou ao seu ouvido: O México precisa de você. Naquele momento sabia que era o Senhor, mas veio a duvida: como? Através da Unti e Wycliffe conheceu o Pr. Victoriano Santiago tradutor da Bíblia  no  idioma Ayuuk  e assim começou o trabalho e parceria do projeto Discipulando Nações e o povo Ayuuk. Foram impressos 50 evangelhos de Marcos para correção, traduzido o folheto evangelístico no idioma Maya e Ayuuk, ambos já foram impressos no Brasil e enviados ao Mexico e em outubro de 2014 Pr. Luciano foi visitar o campo Ayuuk passando na capital mexicana se reunindo com presidente da Unti, para conhecer e firmar mais os laços de amizade e parceria na obra de Deus; seguindo para o interior no estado de Oaxaca na cidade de San Juan de Guichove onde conheceu e pregou dois dias na igreja  Ayuuk.

Inicio: dezembro 2013.

Objetivo: apoiar financeiramente obreiros nativos Ayuuk , cooperar na tradução da bíblia ao idioma Ayuuk  e expandir o evangelho no sul do Mexico.

Metas: concluir o novo testamento , conseguir ajuda para 2 obreiros Ayuuk que não tem ainda e acompanhar o uso dos materiais traduzidos e impressos no Brasil .

Pastor Luciano Vicente (líder)

foto Perfil Pr Luciano

  • Consagrado ao ministério em setembro de 2005 – Assembleia de Deus em Taubaté;
  • Médio em Teologia e Missiologia – Centro Internacional Missões – São Lourenço – MG;
  • Missiologia – Emad, Ciência da Religião e Bibliotecário – Escola Ensino Nacional;
  • Presidente da Igreja Assembleia de Deus Discipulando Nações;
  • Presidente do Projeto Missionario Discipulando Nações;
  • Missionário Ativo em 9 etnias indígenas em 5 Nações.
Translate »