O país

A Guiné, oficialmente República da Guiné (também chamada Guiné-Conacri para a distinguir da vizinha Guiné-Bissau) é um país da África Ocidental limitado a norte pela Guiné-Bissau e pelo Senegal, a norte e leste pelo Mali, a leste pela Costa do Marfim, a sul pela Libéria e pela Serra Leoa e a oeste pelo oceano Atlântico. Com 246.000 quilômetros quadrados e dez milhões de habitantes, a Guiné é uma república e a capital, sede do governo e maior cidade é Conacri.

Fonte: Wikipedia.

Informações gerais

  • Capital: Conacri;
  • População: 9.806.509 habitantes (estimativa de 2008);
  • Localização: África;
  • Idioma: Francês.

O projeto

Chegamos a Guiné Bissau no mês de setembro do ano 2002 e nossa proposta inicial era trabalharmos 5 anos. Com a direção do Espirito Santos escolhemos como nosso eixo principal de ação a população de Quebo, região de Tombalí,  localizado  ao sul  do país.

A região de Quebo e arredores nos chamou  a atenção  porque  o nível sócio econômico  é muito baixo e desorganizado. Nesta região temos grandes carências na área de saúde e educação. A falta de uma alimentação equilibrada leva a uma desnutrição e grande número de crianças e mulheres  são  vítimas de morte devido à baixa resistência. Também o descuido na área da educação gerou ao longo dos anos  um alto índice  de  analfabetismo. Em contra partida  a região possui  uma riqueza natural de solo fértil  e condições  para  as famílias se auto sustentarem.

O projeto que estamos desenvolvendo atua em 3 áreas; na EDUCAÇÃO, na  SAÚDE e na AGROPECUÁRIA .

Na educação

O projeto visa minimizar o analfabetismo e dar uma assistência completa nesta área para diminuir o êxodo rural. Já estamos aqui no sul da Guiné por mais de dez anos trabalhando com as comunidades  mais carentes.

Mantemos três escolas, uma em Quebo onde é a nossa base, uma na aldeia de Djati, há três horas  de Quebo ao sul, outra em Cruzamento de Igleidje.
Estamos com aproximadamente 400 alunos  nestas aldeias carentes que  estão cursando Ensino Básico Unificado e Liceu em nossa escola, (devido à falta de acomodações tivemos que limitar as vagas) sendo que, aproximadamente, 60% são moças e grande maioria crianças carentes. Mantemos cursos extracurriculares, principalmente no período das férias.
Também capacitação para professores com apoio de profissionais vindos  de outros países.

Na saúde

Visamos desenvolver várias áreas, em conjunto com a escola, tais como:

  • Nutrição, através da merenda escolar, melhorar as condições nutricionais dos alunos.
  • Planejamento familiar (educando para diminuir a porcentagem de gravidez precoce) e lutando contra os casamentos obrigatórios.
  • Educação quanto as doenças sexualmente transmissíveis, apoio as vítimas do HIV.
  • Apoiamos também na evacuação de pacientes, quando necessária, a um hospital na capital.
  • Fazemos brigadas de saúde nas tabancas (Aldeias)  vizinhas com atendimento médico e odontológico através de ajuda voluntária de curto prazo, com parceiros internacionais.
  • Atendimento de apoio a saúde básica em nossa pequena clínica com apoio médico e brigadas de saúde .
  • Facilitação de medicamentos a baixo custo ou doações quando necessário.

Na agropecuária

Desenvolver hortas comunitárias, incentivar associações de criadores  de pequenas crias e transformar  este produto  em alimentação, para assim combater a desnutrição.

Esperamos através de nosso projeto identificar mais e mais as necessidades reais desta população e intervirmos no melhoramento das mesmas  de uma forma  efetiva  e eficaz.

Na execução de nosso projeto estamos beneficiando todos  nossos  alunos, professores  nacionais  que estão  trabalhando conosco e  uma média de 30 jovens carentes, na maioria moças, que assumimos o compromisso de mantê-las por falta de recursos de suas famílias ou por terem sido livradas de situações de casamentos forçados. Mas, acima de tudo, através do nosso trabalho, temos como objetivo principal anunciar o amor de Deus aos que nunca ouviram do evangelho,  plantando igrejas e discipulando os que vão crendo.

Por isso moramos e trabalhamos bem ao Sul do país, mais de 200 Km da capital  alcançando esta região e também  o país vizinho Guiné Conacry, onde já  entramos por vários anos, batalhando  também por este povo.

Pr. Freddy Schafer e pastora Raquel Schafer (líder em campo)

Raquel e Fredy

Missionária Lucimara Santos (líder em base)
lucimara-santos

Translate »