O país

Brasil, oficialmente República Federativa do Brasil, é o maior país da América do Sul e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em área territorial (equivalente a 47% do território sul-americano) e população (com mais de 200 milhões de habitantes). É o único país na América onde se fala majoritariamente a língua portuguesa e o maior país lusófono do planeta, além de ser uma das nações mais multiculturais e etnicamente diversas, em decorrência da forte imigração oriunda de variados cantos do mundo.

Fonte: Wikipedia.

As religiões

A Constituição prevê liberdade de religião ou seja, proíbe qualquer tipo de intolerância religiosa e a Igreja e o Estado estão oficialmente separados, sendo o Brasil um país secular.

Em outubro de 2009 foi aprovado pelo Senado e decretado pelo Presidente da República em fevereiro de 2010, um acordo com o Vaticano, em que é reconhecido o Estatuto Jurídico da Igreja Católica no Brasil. O acordo confirmou normas que já eram normalmente cumpridas sobre ensino religioso nas escolas públicas de ensino fundamental (que assegura também o ensino de outras crenças), casamento e assistência espiritual em presídios e hospitais. O projeto sofreu críticas de parlamentares que entendiam como o fim do Estado laico com a aprovação do acordo.

Em 2000, a religião católica representava 73,6% do total no país. Em 2010, era 64,6%, sendo observada pela primeira vez a redução em números absolutos (de 124 980 132 para 123 280 172). Ainda assim, o perfil religioso brasileiro continua tendo uma maioria predominantemente católica (42,4% a mais que a segunda maior religião do país, o protestantismo). De acordo com o censo de 2010, entre os estados, o Rio de Janeiro apresenta a menor proporção de católicos, 45,8%; e o Piauí, a maior, 85,1%. Já a proporção de evangélicos era maior em Rondônia (33,8%) e menor no Piauí (9,7%).

Fonte: Wikipedia.

O projeto

Está presente em Maracanã, no nordeste paraense, um município carente e extremamente necessitado do Evangelho. Sob a liderança em campo da missionária Kelem Gaspar – esta fora, com seu esposo, para este local após um longo período de missões transculturais (depois que Deus colocou em seus corações o desejo de iniciar uma creche missionária). O objetivo da creche era prestar serviços de alfabetização, evangelização e discipulado. Também oferecer para a criança da zona rural uma alimentação nutritiva e cuidados básicos diariamente.

Outro objetivo era uma escola de missões que treinasse moças para alcançarem os mais pobres e menos alcançados da terra. Atualmente o projeto conta com oito dessas mulheres morando em nossa base.

O projeto começou em um pequeno espaço coberto de palha, dividindo a comida do próprio prato dos missionários com os primeiros alunos. Não foi uma tarefa fácil, mas Deus fez uma promessa: de que não venhamos ficar tristes porque Ele enviaria pessoas para nos apoiar.

Desafios

Nossas maiores dificuldades é a necessidade dos recursos para à alimentação diária das crianças e para ajudar às famílias mais carentes que nos procuram.

Poder contar com você, depois de tantos anos de lutas e sacrifícios, é uma grande benção de Deus e resposta de muitas orações.

Os líderes

Missionária Kelem Gaspar (líder em campo)

Nasceu em Belem do Pará, no ano de 1978, desde criança já era envolvida com evangelismo e missões, saindo para seu primeiro campo transcultural aos 19 anos. Casou com Dulcival aos 25 anos e juntos continuaram a trabalhar com missões. No ano de 2005, atendendo a um chamado de Deus, vieram para Maracanã, interior do estado do Pará, iniciar um trabalho de alfabetização, evangelização e discipulado na zona rural. Sem mantenedores e pela fé, iniciaram debaixo de uma cobertura de palha e chegaram a dividir o próprio alimento com os primeiros alunos. Hoje cento e vinte crianças são atendidas nas creches Peniel I e II e a equipe já consta com onze pessoas. Missionária Kelem é autora dos livros “Pakau, a chamada, o preço e a recompensa” e ” Segredos da obra Missionária”. Ela coordena o Projeto Campos Brancos e o Curso Feminino de Missões Pakau Oro Mon.

Evangelista Gesiel Octávio de Melo (líder em base)

Gesiel e Patrícia

Ev. Gesiel Octavio de Melo, nascido em um lar cristão, filho do pastor Carlos José de Melo (presidente da VEMBRASIL) e de Roselena Antonieto de Melo, tem 3 irmãos e 1 irmã. Sempre na companhia de seu pai nas obras missionárias, sentiu o chamado para fazer missões. Em fevereiro de 2014 casou-se com Patrícia Araújo Florêncio de Melo, líder em base do projeto Cuba.

Possui curso superior incompleto de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, atualmente cooperador da Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Missão (Pirassununga, SP). É empresário no ramo de roupas, através da mesma apoia diversas famílias no campo missionário.
Desde o ano de 2009 é líder em base do projeto Tribos Indígenas, começou com 1 missionário no Amazonas e hoje ampliado para vários estados dentro do Brasil.
Com um chamado de Deus para a obra missionária, apresenta o trabalho em diversas igrejas na busca de ajuda para os missionários.

Projeto em ação

PENIEL: Creche e Escola Missionária

Atualmente atendemos cem crianças e adolescentes; toda semana de segunda à sexta, sempre no período da tarde. São crianças carentes, com renda per capita inferior à meio salário mínimo na família – matriculadas na rede pública de ensino. Todos os dias elas contam com um lanche depois do devocional e antes das aulas de reforço escolar. Para algumas crianças esta é a única refeição do dia.

Observamos a necessidade de estender o trabalho desta creche até à Ilha do Derrubado, uma comunidade ribeirinha carente e com muitas crianças precisando de suporte na área espiritual, educacional e material.

Jesus em minha casa e capelania

Alunas do Curso de Missões e toda a equipe do projeto desenvolvem um trabalho missionário que evangeliza cada família de alunos da creche durante três meses, prestando assistência aos doentes da comunidade. Estamos ganhando muitas almas através deste trabalho, sempre levamos algum alimento para elas durante as visitas.

Translate »